a arte da composição

Para um bom resultado no trabalho do designer gráfico, não basta uma boa ideia em mente. É preciso saber como dar forma a ela. As escolhas do designer darão corpo ao conteúdo.

A harmonia da composição é fator determinante para chamar o olhar e a atenção. Quando bem compostas, as páginas são capazes de atrair e prender o olhar do leitor. A proporção entre os elementos que compõem uma página impressa, por exemplo, é o segredo da harmonia da composição. Essa hierarquia dos objetos é capaz de orientar o nosso olhar.

A composição deve organizar e distribuir todos os elementos que farão parte do projeto. Para tanto, é necessária a criação de um esquema estrutural, com definições de margens, colunas e mancha de texto, o que seria o “esqueleto” da obra. Essa estrutura é a base para a boa comunicação, pois define as proporções e o equilíbrio entre os elementos que compõem o projeto, além de orientar as linhas de força.

Razão áurea

Uma das proporções consideradas mais harmônicas e agradáveis que existem é a chamada regra de ouro (ou razão áurea). Ela tem como módulo a proporção matemática Phi (pronuncia-se fi; não confundir com o número Pi ou π , no alfabeto grego). A proporção Phi, cujo valor é 1,618033989, é considerada o número de ouro. O nome Phi homenageia o arquiteto grego Phidias (490-430 a.C.), construtor do Partenon, o templo da deusa grega Atena, do século V a.C. As medidas do Partenon apresentam diversas proporções da razão áurea.

o Partenon, construído pelo grego Phidias, é um exemplo na arquitetura de composição harmônica

O número de ouro é extraído da série de Fibonacci, criada pelo grande matemático italiano da Idade Média Leonardo Pisano (1170-1250), também conhecido por Fibonacci. Essa série consiste em uma sequência de números, tais que, definindo os dois primeiros números como sendo zero e 1, os números seguintes são obtidos por meio da soma dos seus dois antecessores:

0:1:1:2:3:5:8:13:21:34:55:89:144:233…

Para encontrar o ponto de ouro numa reta AB (veja figura abaixo), divide-se a reta ao meio, em duas partes iguais, determinando o ponto C. Transporta-se a reta CB perpendicularmente sobre o ponto B, criando-se o ponto D. Com o centro em D e raio DB, obtém-se um círculo. Com o centro em B e raio DB, obtém-se outro círculo. O encontro desses círculos forma o ponto E. Por último, com centro em A e raio AE obtém-se outro círculo. Respeitando a circunferência do círculo com centro em A, transporta-se o ponto E para a reta AB. Este é o ponto de ouro da reta AB.

A partir do ponto de ouro, determina-se a seção de ouro na reta AB, que serve de base para a estrutura do retângulo áureo, também chamado retângulo dourado ou retângulo de ouro. Considerado o retângulo perfeito, no qual a proporção entre o comprimento e a largura é aproximadamente o número Phi, ou seja, 1,618, foi – e ainda é – amplamente utilizado em várias áreas, como as artes plásticas e gráficas, a arquitetura e a matemática.

A proporção áurea sempre foi muito apreciada por artistas, arquitetos, projetistas e músicos. A fascinação por essa regra matemática se dá pelo fato de ela estar presente em toda a natureza, no corpo humano e no Universo. Podemos enxergá-la na folhas das árvores, no crescimento das plantas, nas conchas, nas escamas dos peixes, além das proporções do corpo humano: por exemplo, a relação da altura do corpo humano com a medida do umbigo até o chão. Essas proporções anatômicas foram bem representadas por Leonardo Da Vinci em sua obra Homem Vitruviano.

a obra Homem Vitruviano, de Leonardo Da Vinci, representa as proporções anatômicas

Engenheiro e arquiteto romano, Vitrúvio, que viveu no século I a.C., desenvolveu um tratado sobre arquitetura no período greco-romano, considerado, desde a época do Renascimento, fonte de inspiração e de informação para os padrões de proporções, levando em conta a utilidade, a beleza e a solidez. Segundo Vitrúvio, “para que um todo, dividido em partes desiguais, pareça harmonioso, é preciso que exista, entre a parte pequena e a maior, a mesma relação que entre a grande e o todo”.

A aplicação da lei áurea é extensa. Só para citar alguns exemplos, na história da arte renascentista, mestres como os italianos Sandro Botticelli (1445-1510) e Giotto (1266-1337), entre outros, aplicavam em suas obras a proporção da relação áurea para compor com extrema harmonia e perfeição. Um exemplo é a pintura O nascimento de Vênus, datada de 1483, de Botticelli, na qual Afrodite é a representação da perfeição da beleza.

Em O nascimento de Vênus, de Botticelli, Afrodite é a representação da perfeição da beleza

No poema Ilíada, de Homero – poeta grego do século VIII a.C. –, o texto, que narra os acontecimentos dos últimos dias da Guerra de Troia, respeita uma proporção entre as estrofes maiores e menores. Essa proporção é um número próximo ao número de ouro: 1,618.

Na arquitetura, a proporção áurea é muito utilizada, desde a Antiguidade. As pirâmides do Egito são exemplos disso: cada bloco da pirâmide era 1,618 vezes maior do que o bloco do nível acima. No interior das pirâmides, o comprimento das salas era 1,618 vezes maior do que a largura.

Também em obras musicais, é possível encontrar o número de ouro. Exemplo disso são as 5ª e 9ª sinfonias de Beethoven. Aliás, a matemática, a música e o design possuem várias coisas em comum. Assunto para um novo post.

2 thoughts on “a arte da composição

  1. Tudo isso que você nos conta vai muito além da minha imaginação! Porém como diz minha frase: temos que aprender o ouvir a natureza (aqui no caso é ver) e a seguir o que ela nos pede (aqui é aprender o caminho que ela nos mostra). A sabedoria está em tudo e em todos, basta se abrir para ela.

Deixe uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s