a volta do Design consciente

IMG_1217

O livro Fundamentos gráficos para um design consciente, de Raquel Matsushita (352 páginas, Musa Editora) chega ao mercado na sua 2ª reimpressão.

A obra aborda os cinco pilares fundamentais para a construção consciente do exercício do design gráfico:

  • 1. história do design gráfico
  • 2. tipografia
  • 3. as cores
  • 4. produção gráfica
  • 5. práticas profissionais

“Este é um livro que aborda não só conceitos básicos de design, mas muitas outras coisas em torno dele. Para mim, essas ‘outras’ coisas são a parte mais interessante do design de um objeto: seus limites, o ponto de contato entre ele e o que está em volta. Assim, os capítulos sobre cor, tipografia, produção gráfica e prática profissional são completos e instrumentais, mas há mais.”
Carlito Carvalhosa, do prefácio Afinal, livros eram vendidos sem capa.

“Design gráfico: dentro do território do design gráfico, utilizarei como referência, no que vem a seguir, a excelente obra de Matsushita.”
Lucia Santaella, no livro Leitura de imagens (Ed. Melhoramentos)

Aproveite a promoção no site da Entrelinha Design.

Mais sobre o livro: aqui.

Anúncios

Histórias da gente

historias_foto1

Esta é uma capa que constrói a história de muita gente: dos vinte autores-garis, da Entrelinha Design pela capa, de Walcyr Carrasco pelo prefácio, da CBL, Infinito Cultural e Inova pela idealização do projeto.

Foram selecionadas vinte histórias escritas pelos agentes de limpeza da cidade de São Paulo. As fábulas urbanas nos mostram que eles cuidam não somente das ruas, mas também das pessoas que convivem nelas. Retratam o cotidiano, há humor, tristeza, luta, amizade, coragem e até história de amor. Os escritores, guerreiros quase invisíveis, se enchem de luz ao lançarem a obra na Bienal do Livro de 2016.

Na capa, o instrumento de trabalho do gari e do escritor se fundem num só. Por meio do objeto de trabalho nos adentramos nas histórias tocantes de cada um. As cores remetem ao uniforme dos agentes, usado com orgulho inclusive no dia do lançamento.

Uma honra fazer parte desse lindo projeto.

Para saber mais:
http://www.storybox.com.br/bienaldolivrosp/

o anel do nibelungo

2016-01-20 14.40.44

O anel do nibelungo é a mais importante ópera de Richard Wagner. Sua história forma uma teia das várias lendas dos povos do norte da Europa, que foram sendo construídas ao longo de milênios e se emaranham com outras lendas ocidentais. O livro, projeto gráfico da Entrelinha, é uma adaptação dessa obra escrita por Gabriel Lacerda, com ilustrações de Arthur Rackham (Edições de Janeiro).

2016-01-20 14.37.322016-01-20 14.38.192016-01-20 14.38.442016-01-20 14.39.282016-01-20 14.40.21

bastidores de jaqueline K.

premio
Finalista do Prêmio miolos 2015 • Categoria Projeto gráfico

Jaqueline K. tinha duas condições:
1 – ser independente.
2 – ser lida, mas não ser livro.

Café pra dois é uma coletânea de cinco contos eróticos escritos por Jaqueline K., projeto gráfico de Entrelinha Design e fotos de Hélcio Alemão Nagamine.

Considerando as condições solicitadas pelo briefing, o desafio da Entrelinha foi criar uma estrutura que não fosse em formato de livro (páginas encadernadas de modo a formar uma lombada), mas que acomodasse os cinco contos independentes. Sem a utilização de qualquer acabamento tradicional, como cola, costura ou grampo, a solução foi pesquisar modelos de dobraduras.

Sem faca especial, foi elaborada uma dobradura capaz de acomodar os contos em compartimentos separados, como uma pasta. Foi usada uma foto na frente e outra no verso da pasta, impressa em duas cores. Quando dobrada, a pasta insinua pedaços de um corpo feminino.

Frente e verso da pasta antes das dobras

Em sintonia com o conteúdo picante dos contos, o jogo erótico começa logo no início: a pasta é encartada por uma luva que, como se fosse uma roupa feminina, mostra parte do que está por baixo. A luva cobre o título da publicação, é preciso desnudar para poder ler.01

03

Assim como uma preliminar, a pasta deve ser explorada pelo leitor para que os contos se revelem. Parte dos contos, encaixados nos compartimentos da pasta, encontram-se à mostra. Cada conto foi impresso em papel rosa e dobrado em forma de sanfona. 04   07

A letra K, sobrenome da autora, foi transformada em uma forma geométrica aplicada de diversas maneiras nas capas dos contos. As capas convidam o leitor para um jogo de montar posições e criar diferentes desenhos.

08 10Veja mais no site da Entrelinha Design.

Video no YouTube

expedição ao cotidiano dos dinos

Chegou da gráfica o livro Dinossauros – o cotidiano dos dinos como você nunca viu, de Luiz Eduardo Anelli e Celina Bodenmüller, com ilustrações lindas e divertidas de Biry Sarkis (Panda Books).

O projeto gráfico, desenvolvido pela Entrelinha Design, teve como referência um visual de diário de expedição, com papéis envelhecidos e colados no decorrer do livro. A linguagem verbal do texto é bastante próxima ao leitor, como se os autores estivessem contando uma viagem ao mundo dos dinossauros. O miolo do livro funciona como um fichário de anotações dessa aventura ao passado.

O projeto gráfico e as ilustrações coloridas cheia de humor, em sintonia com a leveza do texto, caracterizam o tom descontraído e ao mesmo tempo informativo do livro.

IMG_6596IMG_6597IMG_6598IMG_6599IMG_6600IMG_6601Veja mais no site da Entrelinha.