nova editora, novos ares

Nasce uma nova editora para oxigenar nossa realidade. O desenho da marca e o design do site foram feitos pela Entrelinha.

A nova editora leva o sobrenome do editor: Faria e Silva. A marca do editor estará, portanto, impressa em todos os livros. A ideia do logotipo como um ex-libris (esse livro pertence a…) traz a presença do editor, como assinatura nos livros escolhidos para compor o catálogo da casa. 

Com foco em autores brasileiros, mas não limitado a eles, a editora está alicerçada em quatro eixos editoriais:

Texto em transe – literatura de autores contemporâneos, que tragam alguma disruptura, seja nos padrões estéticos e estruturais do gênero narrativo, seja no tema e teor ético abordados.

Lume novo – literatura dos futuros novos clássicos da literatura brasileira, com autores consagrados e ainda em franca atividade literária.

Tarumã (homenagem a inquebrantável árvore brasileira) – literatura dos autores clássicos e suas obras desconhecidas, seja ficção ou não ficção.

Camaleão – novelas gráficas ou história em quadrinhos autorais, conceituais e com traços e texturas diferenciadas, cada álbum assumirá uma identidade própria, assim também o logo do selo será adaptado a cada álbum.

O primeiro livro lançado na coleção Texto em transe será o Mundos de uma noite só, de Renata Belmonte. Tanto o desenho do selo quanto o projeto gráfico do livro são de autoria da Entrelinha.

A capa traz um relicário e na corrente desse objeto é que a história se mostra. Há, no desenho feito com a corrente, as três irmãs, os filhos, o casamento e as histórias entrelaçadas. Na orelha do livro, no desdobramento do relicário aberto, há uma foto, que pode ser interpretada de diversas maneiras, depois da leitura da obra.

O livro (que é arrebatador!) será lançado em março, o convite segue abaixo e estão todos convidados.

arte do graffiti

15

O livro Graffiti – Fine Art (Sesi-SP Editora, 2013), projeto gráfico da Entrelinha Design, acaba de chegar impresso. O livro aborda os artistas selecionados na última Bienal do Graffiti que aconteceu no MuBE, no ano passado.

A primeira capa, com o uso de faca especial, foi transformada numa máscara de grafite, que define o próprio título do livro. O título “grafitado” do livro foi impresso em pantone metalizado cinza.

14

12

16

98

7

5

4

 

Veja mais em lançamentos, no site da Entrelinha: www.entrelinha.art.br

 

 

um abecedário poético

convite_claudio

Alfabeto escalafobético (Jujuba Editora, 2013) será lançado nesse sábado, dia 28/09, a partir das 16h, na Livraria NoveSete. Todos estão convidadíssimos.

O livro de poemas escrito por Claudio Fragata tem projeto gráfico da Entrelinha Design e ilustrações de Raquel Matsushita. Projeto gráfico e ilustrações, nesse livro, se fundem num só. Ambos atuam em parceria com uma paleta de cor que mescla tons fortes e neutros.

A capa é impressa com um pantone laranja fosforescente. Os elementos que a compõe (título, autores, subtítulo) estão localizados no centro, o que faz com que a cor fosforescente, sem interferência, ganhe ainda mais força.

capa

0

Nas grandes orelhas e páginas iniciais foram impressas letras desenhadas, que, juntas, formam uma textura de alfabeto. O ponto de partida para cada ilustração é o próprio desenho da letra. O desenho tipográfico comanda a cena em muitas ilustrações, mas nem sempre é o principal. Abaixo, algumas páginas do livro.

3

4

5

2Para ver mais, visite o site da Entrelinha: www.entrelinha.art.br

Nos vemos no lançamento.

 

 

aventuras de um pesquisador irrequieto

Lançamento da Sesi-SP Editora, com projeto gráfico de Entrelinha Design, o livro retrata – com texto e fotos do autor – aventuras de viagens e faz um paralelo com o trabalho de pesquisa. O projeto gráfico valoriza as fotos em páginas separadas do texto corrido.

capa aberta, com grandes orelhas

página dupla de miolo

página dupla de miolo

página dupla de miolo com fotos